Sila Carneiro da Silva

Sila Carneiro da Silva

O SUCESSO TEM FÓRMULA

É baseada no livro “Succeed on your own terms”, lançado por Patrick Sweneey e Herb Greenberg. Foi traduzido para português: “O sucesso tem fórmula”, pela Campus/Elsevier e com prefácio de José Luiz Tejon e Maestro João Carlos Martins. Tejon foi uma das 50 personalidades entrevistadas que foram mencionadas no livro, e dentre outros depoimentos, teve a sua definição de sucesso considerada a mais ampla: “O sucesso começa por manter o seu espírito jovem. Sucesso é guardar a imagem da criança que você foi, e saber que parte dela esta presente no que você é e em tudo que você faz!”.

De acordo com o conferencista, o sucesso não pode ser definido por outra pessoa que não seja a própria. A fama, o poder, a riqueza, a carreira ascendente, dentro dos padrões atuais da sociedade, implica em fortes responsabilidades de liderança e de exemplo. Nos ambientes corporativos, os indicadores financeiros, as métricas dos business plan, os desafios para adquirir novas competências são estimulantes. A criatividade é vital para que o organismo não seja deteriorado numa competição equivocada, e também para a condução saudável dos negócios, gerando virtudes e estimulando o progresso e o sucesso.

Sobre o palestrante

Sila Carneiro da Silva concluiu o doutorado em Pasture Agronomy – Massey University em 1994. Atualmente é Professor Titular (MS-6) da Universidade de São Paulo. Publicou 106 artigos em periódicos especializados, dos quais 89 estão indexados na Web of Science e possuem 1789 citações, com um índice H igual a 24. Adicionalmente, possui 165 trabalhos em anais de eventos, um livro e 43 capítulos de livros publicados. Orientou 32 dissertações de mestrado, 29 teses de doutorado e 10 pós-doutorandos, além de ter orientado 18 trabalhos de iniciação científica e 10 trabalhos de conclusão de curso na Área de Zootecnia. Recebeu nove prêmios e/ou homenagens. Atua na Área de Zootecnia, com ênfase em Ecofisiologia de Plantas Forrageiras e Ecologia do Pastejo. Em seu Currículo Lattes os termos mais frequentes na contextualização da produção científica, tecnológica e artístico-cultural são: ecofisiolofia de plantas forrageiras, ecologia do pastejo, morfogênese, manejo do pastejo, produção animal em pastagens, sistemas de produção animal em pastagens, IAF, interceptação de luz e acúmulo de forragem.

Fale com o Tião, nosso consultor digital!